O primeiro centro de tecnologia e inovação
mundial dedicado as pesquisas com a
Poliacrilonitrila

ACRILONITRILA, O MONÔMERO

Home > Acrilonitrila, O Monômero



A síntese do monômero Acrilonitrila foi inicialmente relatada pelo químico francês Charles Moureu (1863–1929) em 1893.
Atualmente o monômero acrilonitrila é obtido pela amoxidação catalítica do propileno (obtido do craqueamento do petróleo) pelo processo que foi desenvolvido pela Standard Oil of Ohio e por isso foi batizado de SOHIO.

Sua produção mundial é de aproximadamente 5 milhões de toneladas por ano, e além de ser usada na fabricação de fibras acrílicas que responde a quase 50% do consumo , é utilizada na produção do plástico ABS (acrilonitrila-butanodieno-estireno) largamente utilizada em equipamentos eletrônicos. Também é utilizada na produção da Poliacrilamida, empregada como agente de floculação em tratamento de água.

A adiponitrila, um intermediário da fabricação do Nylon 6.6, é produzido a partir da acrilonitrila.
Borrachas resistentes a solventes orgânicos como gasolina, óleos lubrificantes e que suportem bem calor, conhecidas como Borrachas Nitrílicas, utilizam acrilonitrila na fabricação.








Copyright 2016 © Instituto Granado de Tecnologia da Poliacrilonitrila Ltda. Todos os direitos reservados.

D4W