O primeiro centro de tecnologia e inovação
mundial dedicado as pesquisas com a
Poliacrilonitrila

MERCADO DE FIBRAS TEXTEIS

Home > Mercado de fibras texteis



Atualmente, a poliacrilonitrila encontra-se inserida na indústria têxtil sob forma de fibras roduladas como “acrílicas”.
Somente no ano de 2015 o consumo mundial de fibras acrílicas foram estimados em até 1,9 milhões de toneladas.
A região onde se concentra a maior produção de fibras acrílicas é a China que responde por aproximadamente 40% da produção mundial e em seguida a Africa e Oriente Médio com 20%.

Seu consumo atingiu um patamar de 2,8 milhões de toneladas por ano 2004, mas devido a competição com a fibra de poliéster houve uma redução de consumo, chegando hoje a aproximadamente 1,9 mi milhões de toneladas por ano.
Seu consumo deve se permanecer relativamente estável pelos próximos 10 anos, já que existem poucas fibras com propriedades semelhantes e de custo menor para substituição da PAN nas suas aplicações atuais.

Produção e estimativa do mercado de fibras acrílicas no mundo

A maior empresa produtora do mundo é a AKSA da Turquia que tem uma capacidade de produção de 380.000 T/A , seguida da Jilin Qifeng Chemical (China) e Dralon (Alemanha).

No Brasil existiam duas fábricas no passado, a Companhia Sudamerica de Fibras (SDF) que se localizava no Polo Petroquímico de Camaçari (BA) e a Radicifibras em São José dos Campos (SP) que encerrou suas atividades em 2013.

Atualmente a única produtora de fibras acrílicas na América do Sul é a Companhia Sudamerica de Fibras (SDF) que esta localizada em Callao, Peru, possuindo capacidade de produção de 38.000 T/A de fibras fiadas pelo processo de fiação seca (dry spinning).




Copyright 2016 © Instituto Granado de Tecnologia da Poliacrilonitrila Ltda. Todos os direitos reservados.

D4W